Para fins de melhorar a sua experiência, este site usa atualmente cookies. Eu Compreendo
Página Inicial
<   MARÇO 2021   >
SEG TER QUA QUI SEX SAB DOM
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4

'Um manual não chega'. Governo lança guia sobre lanches saudáveis nas escolas

'Um manual não chega'. Governo lança guia sobre lanches saudáveis nas escolas
05 de Abril de 2021

No dia em que começa o terceiro período letivo e se retomam as atividades presenciais dos 2º e 3º ciclos do ensino Básico, a Direção-Geral da Saúde (DGS) e a Direção-Geral da Educação (DGE) lançam um guia sobre lanches escolares saudáveis, que elenca os alimentos que devem fazer parte das lancheiras dos mais novos e aqueles que devem ser evitados.


A bastonária da Ordem dos Nutricionistas diz que "é sempre pertinente o lançamento de qualquer tipo de documento por parte das instituições que tutelam as matérias", mas alerta que "tal não se tem revelado suficiente". "Nos últimos anos, temos vindo a assistir à emanação de um conjunto de documentos por parte da DGE para a oferta da alimentação saudável das escolas. Mas nem por isso se verifica uma melhoria dos hábitos alimentares das crianças", assegura Alexandra Bento, que acrescenta que "isto não vai lá com manuais", mas com "ações concertadas", conforme recomendado pela "própria Organização Mundial da Saúde".




Declaraçõess da Bastonária da Ordem dos Nutricionistas


Fonte: ANTENA 1, 05 de abril de 2021




Declarações da Diretora do PNPAS e da Bastonária da Ordem dos Nutricionistas


Fonte: TSF, 05 de abril de 2021




OBESIDADE ENTRE OS MAIS NOVOS VOLTOU A CRESCER COM O CONFINAMENTO 


"As ações valem pelo conjunto", sublinha a bastonária, que adianta que um bom sinal seria "que o Ministério da Educação [ME] concluísse aquilo que começou, mas não acabou". "A abertura de concurso para a contratação de nutricionistas para as escolas estava prevista no Orçamento do Estado do ano passado, mas o ME não o cumpriu", acusa. "Não vamos lá com manuais. O que é preciso é que quem percebe da matéria esteja no terreno."


Alexandra Bento lembra que o confinamento "inverteu a tendência sentida desde 2008 até 2019, de decréscimo de excesso de peso e obesidade entre as crianças". "É uma pandemia a provocar outra pandemia", conclui.





Fonte: Correio da Manhã, edição impressa, 05 de abril de 2021